terça-feira, 2 de abril de 2013

PLANEJAMENTO FINANCEIRO

 
É necessário todo o tempo para se preparar e conhecer melhor a sua empresa e procurar entender os seus sinais no dia a dia....
Nos tempos de globalização, a falta de controles além de provocar perdas, comprometem a continuidade do negócio....
 
A absoluta falta de controles nas pequenas e médias empresas é um dos principais componentes para o fracasso. O que começou com um sonho pode se transformar num grande e profundo pesadelo.
 
Além da minha própria constatação como Consultor nas áreas Econômico e Financeira, estatisticamente é um fato incontestável. As empresas morrem pela falta de controles e de gestão....
 
“ SEM ACHISMO E SEM MODISMO” !!
 
A constatação não se restringe às áreas citadas, ou seja, predomina a falta de conhecimento em tudo dando lugar para o “ achismo “ e para o “ modismo “ que de maneira nenhuma devem prevalecer quando se tornam necessárias medidas corretivas aplicadas de forma técnica, mensuráveis e alinhadas com a realidade do mercado.
 
PROFISSIONALISMO?
 
Mais do que nunca e sempre, há que se levar a sério cada vez mais a necessidade do “ profissionalismo “ em tudo aquilo que acreditamos. Use o profissionalismo para melhorar a sua intuição, porque não dizer o seu faro.
 
Esteja antenado em tudo pois só assim chegará primeiro às oportunidades e usufruirá delas por um período mais duradouro até porque nada é definitivo.
 
EMPRESÁRIO É UM RÓTULO?
 
Não raro ouvir as expressões “ sou empresário “, como se este fosse um
rótulo por si só o bastante para automaticamente colocar a sua empresa para andar e ainda promover as necessárias correções de rotas quando surgissem obstáculos. Ao se tornar um empresário, já se foi além do sonho e cabe agora converter o seu negócio para o melhor estágio de profissionalismo. As competências podem ser inclusive buscadas através da colaboração de profissionais experientes. Cabe a ele entender os sinais que a sua empresa já emite e passar a agir rapidamente .....
 
QUE SINAIS A EMPRESA FORNECE?SERIAM OS 10 MANDAMENTOS?
 
Não há uma lista pronta até porque as variáveis são inúmeras tais como: empresas grandes ou pequenas, com atividades comerciais ou industriais.......com administração familiar ou outro tipo de administração, entre outras situações.
 
Vale no entanto estar atento para os sinais emitidos que dentre eles os 10 mais lembrados abaixo, e que devem despertar no empresário pelo menos o interesse em saber um pouco mais sobre o que pode estar ocorrendo:
 
1-O faturamento caiu além do que seria aceitável?
 
2-O telefone continua tocando pouco?
 
3-Os vendedores e representantes não trazem resultados e continuam
reclamando dos preços?
 
4-Os estoques tem crescido muito em quantidades?
 
5-As contas da empresa começam a ficar difíceis de serem pagas nos prazos e não há um controle de se elas são necessárias ou não, seja pela natureza, seja pelo que é pago?
 
6-As retiradas do empresário já não estão adequadas à capacidade da empresa poder pagar?
 
7-Os investimentos na empresa com prazos de retornos mais longos estão sendo feitos com o capital de giro?
 
8-O empresário tem colocado com freqüência seu dinheiro no negócio sem antes de uma avaliação de como este valor vai lhe retornar?
 
9-A empresa recorre com freqüência a empréstimos bancários como forma de suprir suas deficiências de caixa?
 
10-A sua empresa ainda é viável no mercado em que atua quando comparada com seus principais concorrentes?
 
O QUE RESTA FAZER?
 
Use a calma como seu principal parceiro.
 
Procure de forma racional e rapidamente uma saída.
 
Se não conseguir sozinho, converse, reflita, procure quem possa lhe ajudar.....sem dúvida desta forma você já estará agindo.
 
AS MÁXIMAS DA VIDA
 
Mantenha a calma.
 
Use a razão. Negocie com a sua emoção.
 
Para quase tudo há uma saída.....
 
Dinheiro não agüenta desaforos e principalmente mais de uma vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário